Notícias do Escotismo

Acompanhe nesta página os principais acontecimentos e novidades do Escotismo Catarinense

Seguindo “Nossas Origens”, tema do 18º Acampamento Regional de Santa Catarina, ARSC, a tropa escoteira viajou pela história do nosso estado. No módulo “Trilha dos Colonizadores”, os jovens passam por várias regiões do estado catarinense. Através dos jogos os jovens vivenciaram um pouco da realidade enfrentada dos colonizadores, numa época de muitos desafios, desde a travessia até chegar no solo catarinense para desbravar as diferentes regiões.  

Para atender ao grande público participante do 18º Acampamento Regional de Santa Catarina, ARSC, a organização do evento dividiu as atividades em módulos, entre eles o “Pelos Ares de Santa Catarina”, com bases a exemplo de nós e cordas, altura, combate, pipa gigante, blitzkrieg e kamikaze. Os jovens se divertiram e, em algumas ocasiões, até mesmo os adultos entraram no desafio.

Presença internacional no ARSC. A francesa Alix Braillon, de 15 anos, é uma das participantes do ARSC. Ela é escoteira há nove anos e seu Grupo é o Saint_Jean_Batista_de_Flers. Está no Brasil há dois meses por conta do intercâmbio, de um ano, do Rotary. A motivação para Alix participar do ARSC veio do seu “irmão” brasileiro, Angelo Sandrin Rossi, Sênior do GE Araucária, de Campos Novos. Alix diz estar encantada com o evento e com a acolhida dos catarinenses. Na França, além de estudar Alix gosta de correr e jogar voleibol.

O 18º Acampamento Regional de Santa Catarina (ARSC) também tem um olhar comunitário. Por meio do Ramo Pioneiro a comunidade de Rio Negrinho recebeu a ação escoteira nos lares de idosos Santa Felicidade e Meu Cantinho. Os integrantes do Ramo Pioneiro (18 a 21 anos) literalmente colocaram a “mão na massa” e trabalharam em três frentes da ação comunitária que contemplou a reforma parcial dos lares de idosos, a exemplo de pintura, reforma da horta e mesas do jardim.

Vindos de todas as regiões de Santa Catarina e de outros seis estados brasileiros, além do Peru e da Franças, os participantes do ARSC estão envolvidos com diferentes atividades divertidas e de conhecimento neste 18º Acampamento Regional de Santa Cataria. Divididos em subcampos, crianças e jovens interagem com outros grupos escoteiros, fazem novas amizades, testando seus limites e aprimorando o desenvolvimento pessoal com acompanhamento dos adultos responsáveis pela aplicação das atividades e acompanhamento dos grupos.  

 

Em atividades de grande porte é comum viabilizar aos participantes a conquista de distintivos especiais, lembram os momentos que viveram no evento. Diante disso os participantes do 18º Acampamento Regional de Santa Catarina, ARSC, podem buscar a Insígnia de Campo: Barriga Verde e o Distintivo da Diversidade.

Até domingo, dia 15 de outubro, Rio Negrinho será a capital catarinense do escotismo. Cerca de 3.200 membros do movimento escoteiro estão na Fazenda Evaristo para o 18º Acampamento Regional de Santa Catarina, ARSC cuja abertura ocorreu na manha de hoje, 12/10, num ritmo muito animado. O evento foi apresentado pelo pioneiro e youtuber Filipe Conde de Sousa, do Grupo Escoteiro Ubirajara e pela guia Nathaly Ferreira dos Santos, do Grupo Escoteiro Ipê Amarelo, além das escoteiras Giovana Muller Conzatti, do Grupo Escoteiro Mafeking e Isadora Sandi, do Grupo Escoteiro Concórdia. Além dos dirigentes dos Escoteiros de Santa Catarina a comunidade local estava representada pelo prefeito Julio César Ronconi e seu vice Roberto Albuquerque.  O presidente dos escoteiros de Santa Catarina, Celso Menezes lembrou que o ARSC é o maior evento de âmbito regional realizado no Brasil.

Powered by JS Network Solutions